DA LIRA DO AMOR À PORTELA

 

Tia Eunice

(Foto: Gustavo Furtado)

 

Tia Eunice é uma das principais pastoras da velha guarda da Portela. Nesta rápida entrevista, ela revelou que Paulo da Portela freqüentava sua casa, criando uma amizade que a fez acompanhar o mestre em sua empreitada na pequena Lira do Amor, de Bento Ribeiro, após os desentendimentos que culminaram no afastamento definitivo da escola de nosso fundador maior.

Portelaweb: Como a senhora chegou à Portela?

Tia Eunice: Eu cheguei à Portela novinha ainda. Mas depois eu me afastei, eu fiquei afastada um bocado de tempo. Construí família. Quando retornei, fui pra ala das baianas e fiquei lá por um bom tempo. Quando o falecido Manacéia e o também falecido Alberto Lonato, meu compadre, me convidaram para fazer um teste para a velha guarda, eu ainda saía na ala das bainas.

 

Portelaweb: E isso aconteceu na formação do conjunto da velha guarda?

Tia Eunice: Não, foi muito depois. Fui fazer o teste e fui aprovada pelo falecido Alvaiade e pelo Manacéia, e graças a Deus eles me apoiaram e eu entrei para a velha guarda, onde estou até hoje.

 

Portelaweb: O CD "Tudo Azul", gravado junto com Marisa Monte, fez muito sucesso, inclusive entre os jovens. A senhora esperava por isso?

Tia Eunice: Os jovens têm a linha deles, a Velha Guarda é uma coisa mais melódica. A Marisa Monte gostou da Velha Guarda e nos convidou para fazer esse CD. Foi muito bom.

 

Portelaweb: A senhora conheceu Paulo da Portela?

Tia Eunice: Conheci, ele freqüentava a minha casa, eu morava em Turiaçu. Eu tinha uma pequena escola de samba e era diretora da ala das baianas. Quando Paulo se aborreceu com a Portela, a nossa escolinha já tinha terminado, e nós fomos para a Lira do Amor com ele.

 

Portelaweb: Então a senhora acompanhou Paulo da Portela na Lira do Amor?

Tia Eunice: Nós fomos para a Lira do Amor, mas logo depois aconteceu aquilo com o Caquera, e a Lira do Amor acabou também. Então eu fiquei mais de quinze anos sem sair em lugar nenhum. Depois voltei para a Portela.

 

Portelaweb: O que a Portela representa para a senhora?

Tia Eunice: A Portela é uma agremiação de cidadãos, cidadãos de responsabilidade, de bom caráter, que sabem conviver uns com os outros, principalmente com as outras escolas.

 

Entrevista exclusiva. Concedida na "Portelinha" à Fábio Pavão em 17/06/2001