SAMBA CANTADO NO DESFILE DE 1934

 

 

 

"Mossoró"

Autor: Zé Cachacinha

 

Sai pra lá brocoió

Tu não vês que onde estou

Não podes te arrumar

Desta vez tu bancastes

O Mossoró de galocha

Sai pra lá brocoió

 

Em sempre cantei o samba

Na base do improviso

No metiê eu sou o bamba

Verso e não fico indeciso

 

Lá em casa tem um gato

Quando come lambe as unhas

Também tem cachorro magro

Que serve de testemunha

 

Sai prá lá Brocoió (BIS)

 

Salve A Noite, salve A Pátria

Salve também O Jornal

Não querendo ir mais longe

Salve a imprensa em geral

 

Vai enganar teu pai

Me fez eu passar vergonha

Que a cara já me cai

 

Sai prá lá Brocoió (BIS)

 

 

 

 

1930 CSantana

Campo de Santana, à direita, nos anos 30 (Foto: Augusto Malta)